Crypto

Comissária da SEC critica Entidade por atrasar liberação de ETFs nos Estados Unidos

A Securities and Exchange Commission (SEC) americana está protelando a liberação do lançamento dos fundos negociados em Bolsa (ETFs) em criptomoedas.

Anteriormente a SEC já negou a liberação de ETFs para diferentes empresas.

Agora, a SEC está postergando as análises e decisões sobre a liberação dos diversos ETFs que estão em trâmite na Entidade.

Até por isso, a comissária da SEC, Esther Pearce, está preocupada com o estado dos Estados Unidos em relação aos demais países e Bolsas de Valores do mundo que estão liberando este tipo de investimento.

O fato é que os Estados Unidos já estão atrás dos demais países, principalmente do Canadá, que já possui ETFs lançados em Bitcoin e Ethereum.

Pearce falou na Conferência The B World, citando tanto o Canadá quanto o Brasil que já liberaram ETFs, além de citar outros produtos de investimentos como os ETPs.

Segundo Pearce, a SEC está “pensando demais”, uma vez que até hoje não liberou nenhum ETF atrelado em criptomoedas no país.

As preocupações da SEC se embasam na volatilidade das criptomoedas, na manipulação do mercado e na proteção dos investidores.

Pearce chegou a dizer que a demora da SEC pode levar os Estados Unidos a perderem a sua dominância ou posição de liderança no mercado financeiro.

Não podemos regular valores, então a SEC não tem que decidir se isso é bom ou ruim para os investidores

Esther Pearce, Comissária da SEC

Pearce ressaltou que as carteiras dos investidores são complexas e variadas, e que a SEC está focando em um único veículo de investimento.

A comissária da SEC também disse que a regulamentação é importante para o mercado cripto, mas que a pressão sobre o setor está sendo excessiva, criticando assim a postura dos legisladores americanos.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar