Crypto

O mundo esportivo e mundo cripto de mãos dadas

Eis que os criptoativos estão ganhando um parceiro de peso: O mundo dos esportes.

O mercado esportivo é sem sombra de dúvidas um dos que mais gira dinheiro no mundo, e recentemente as empresas estão se voltando aos criptoativos.

Os maiores responsáveis por isto são as empresas de pagamento cripto e os tokens não fungíveis (NFTs).

Recentemente vimos a NBA, a NFL, o UFC e a Fórmula 1 adentrarem com patrocínios cripto.

Também a Fórmula Indy com carros de corrida estampando o Bitcoin e a DogeCoin.

O mercado do futebol constantemente apresenta um novo clube com parcerias com empresas cripto.

No Brasil, recentemente o Vasco, Cruzeiro, Corinthians e Santos, dentre outros clubes partiram para esta empreitada.

A equipe carioca do Botafogo parece ser a próxima.

Na Argentina, o campeonato nacional de lá agora terá outro nome e passará a se chamar Torneio Socios.com.

Até o jogador Cristiano Rinaldo vendeu um NFT recentemente no game Sorare!

Sem falar que o Comitê Olímpico Internacional já vendeu tokens colecionáveis.

A Socios.com (do token Chiliz – CHZ) é a empresa que mais cria os fan tokens, e já faz isto com as equipes de futebol do Barcelona, Real Madri, Juventus, Milan, Paris Saint-German, Atlético de Madri, entre outros.

Cabe lembrar inclusive que estes clubes possuem os seus próprios tokens criptográficos.

A Crypto.com (do Token Crypto.com – CRO) é outra empresa que recentemente constituiu diversas parcerias no mercado esportivo.

Entretanto, o empreendimento cripto no mundo dos esportes não é tão recente assim.

Começou a passos lentos lá em 2014 quando a empresa de pagamentos Bitpay patrocinou um jogo de futebol americano universitário.

Mas conforme comentado, desde o hype dos NFTs as empresas do mundo esportivo passaram a olhar para as criptomoedas com olhos diferentes devido à inovação deste tipo de token e a ampla abrangência do mundo digital na vida cotidiana das pessoas.

Já existe inclusive equipes que promovem pagamentos de seus jogadores e funcionários com criptomoedas, caso do Sacramentos Kings da NBA.

As empresas cripto também veem o mundo dos esportes como um amplificador da divulgação cripto.

Além das empresas cripto supracitadas, a Dapper Labs (FLOW), a GrayScale, a StormX, e a FTX, entre outras, já formalizaram interessantes parceiras com o mercado esportivo.

A exchange FTX, por exemplo, possui dois longos contratos, um de 19 anos com a equipe de basquete americano Miami Heat, e outro de 5 anos a Major League Baseball americana.

Conforme pudemos ver durante esta reportagem, grandes clubes e equipes, renomados esportistas, e grandes empresas de eventos esportivos estão se associando a empresas e projetos criptográficos e blockchains.

E a única coisa que podemos esperar é que cada vez mais este mercado cresça, principalmente com a divulgação e o conhecimento da tecnologia dos NFTs.

Artigos colecionáveis como fotos e vídeos já são uma fascinação para torcedores que não tecem limites para este tipo de investimento.

Ainda mais porque estes serão garantidamente exclusivos, como propõe a tecnologia NFT.

Combos contendo diversos artefatos como uniformes, equipamentos, ingressos, acesso diferenciado a atletas, entre outros, proliferam entre os NFTs.

E à medida que os criptoativos são introduzidos nas plataformas de pagamentos os usuários do meio esportivo estão utilizando a praticidade dos pagamentos com criptoativos para realizarem compras diversas.

O ecossistema cripto está apenas no começo, mas já está inserido dentro de um dos maiores mercados financeiros do mundo que é o do esporte.

E que venham as novas parcerias.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar