Crypto

Usina deixa de vender energia para usá-la na mineração de Bitcoin

A pequena usina hidrelétrica em Mechaniqueville, Nova York, deixou de vender a energia produzida para designá-la para a mineração de Bitcoin.

O motivo é porque a atividade se mostrou 3 vezes mais rentável que vender a própria energia utilizada na mineração.

A usina que é uma das mais antigas dos Estados Unidos vende a energia elétrica para a rede elétrica nacional, mas reduziu a energia designada para o Estado para poder aumentar o da mineração do Bitcoin.

Segundo o CEO da Albany Engineering Corp (AEC) “minerar criptomoedas é muito mais lucrativo do que vender eletricidade”.

O CEO disse que a usina é uma das mais antigas do mundo em produzir energia auto renovável.

Quanto aos Bitcoins, a empresa diz não armazenar as criptomoedas mineradas.

De acordo com o CEO da AEC, a empresa não investe na criptomoeda em longo prazo e vende tudo que minera.

Isso porque o intuito da empresa em minerar criptomoedas não é fundamentalista ou de expansão de portfolio de investimentos, mas sim uma fonte de renda alternativa à venda da energia ao Governo devido ao aumento das taxas.

Outro motivo é que por contrato a empresa deve vender a energia mais barata para o Estado.

A empresa alega que mesmo se não houvesse desconto e o Governo pagasse o valor integral pela energia ainda sim é mais rentável minerar Bitcoin.

Cabe lembrar que nos últimos meses a lucratividade da mineração do Bitcoin caiu aproximados -50%, assim como o valor de mercado da criptomoeda, e não está claro se a empresa mensurou estes novos dados na comparação.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar