Crypto

Conselho de Mineração de Bitcoin realiza sua primeira pesquisa sobre mineração de criptomoedas

O Conselho de mineração Bitcoin Mining Council (BMC) fez um levantamento ao qual identificou que aproximados 56% da energia da mineração de Bitcoin é proveniente de fontes renováveis.

O BMC é formado por mineradores e pessoas ligadas à criptografia na América do Norte.

O Conselho foi formado no mês de maio deste ano, logo após a polêmica da Tesla em deixar de aceitar Bitcoin como meio de pagamento devido à suposta poluição causada pela mineração de Bitcoin.

O BMC foi criado para que houvesse maior transparência no processo de mineração de criptoativos.

Também para que a comunidade de mineradores se tronasse mais unida e desenvolvesse padrões mais limpos e renováveis de energia para a mineração de criptoativos.

O Conselho quer que informações mais precisas possam ser disponibilizadas à população para fins de esclarecimento e ciência, além da conscientização pública.

Até por isto o BCM fez uma pesquisa básica inicial onde perguntou aos grupos e empresas de mineração sobre: “Quanta energia todas as suas fazendas usam?”; “Qual porcentagem de energia limpa você usa?”; Qual é o hashrate geral do seu hardware?”

O primeiro estudo realizado pelo BMC teve a participação de 35% dos mineradores.

A pesquisa foi voluntária, e o Conselho também apurou que 67% da energia extraída para a mineração das criptomoedas é limpa ou “verde”.

Apesar de baixo o número de participantes da pesquisa, o Conselho a definiu como positiva, e que colheu as primeiras informações para continuar progredindo na melhoria da relação entre mineração e meio ambiente.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar