Crypto

Provedores de internet chineses limitam busca por exchanges de criptoativos

A China restringiu os sites de busca da internet de encontrarem páginas de exchange de criptoativos.

Com isto, sites como Baidu e Sogou não consegue mais localizar as exchanges de criptoativos, como a Binance, OKEX e Huobi, entre outras.

Isto não quer dizer que a China proibiu as exchanges de atuarem no país, mas sim que a China continua “pegando no pé” dos criptoativos.

No mês de maio deste ano a China anunciou que regulamentaria os criptoativos de forma mais rígida, o que ajudou a levar o mercado cripto a um colapso no preço.

Apesar de anunciar que faria mudanças na legislação para que os criptoativos fossem melhor controlados, muito pouco saiu do papel de fato até agora.

A situação na China continua a mesma, a única diferença mais gritante foram empresas de mineração de criptoativos que estão saindo do país e migrando principalmente para a Rússia e Estados Unidos.

O motivo das sanções chinesas à mineração de criptoativos é torpe, e volta-se à suposta poluição que o processa causa.

Outras atividades que poluem mais que o Bitcoin no país não sofrem sanções, como exemplo os próprios Bancos privados e estatais.

Mas no frigir dos ovos, no quesito mineração até é bom a China limitar esta atividade, uma vez que o país detém boa parte da força de mineração de criptomoedas como o Bitcoin.

Duas importantes regiões de mineração de criptoativos no país já foram proibidas de manter seus serviços em funcionamento.

Tratam-se de Xinjiang e da Mongólia interior.

A China vive uma relação pouco estreita com os criptoativos ao mesmo tempo que é o país meis desenvolvido em relação à moeda digital do Banco Central, as CBDCs.

O Weibo, rede social que imita o Twitter, mas que é autorizada a funcionar no país tem banido perfis de influenciadores de criptoativos.

Não obtivemos informações se estes bloqueios estão ocorrendo devido a possíveis sanções do Governo chinês ou se a própria plataforma possui a mesma mentalidade repressora do seu próprio Estado.

O Weibo apenas informou que as contas bloqueadas violaram as leis e regulamentos relevantes, mas sem explicar quais questões ou quesitos foram violados.

Apenas lembrando, desde 2013 a China fala sobre proibições dos criptoativos, mas até hoje nada mudou muito por lá.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar