Crypto

Bitcoin fecha o mensal com uma das maiores perdas de sua história

O Bitcoin fechou o mês de maio com uma das maiores quedas de sua história.

Desde 2011 o preço da maior criptomoeda do planeta não apresentava uma queda tão acentuada no gráfico mensal.

O Bitcoin caiu cerca de -36% neste mês de maio, dados da Binance BTC/USDT.

Em FIAT, trata-se do pior mês de queda da história do Bitcoin.

Após vir rompendo topos históricos por aproximadamente 6 meses, período este desde de meados de dezembro quando ultrapassou a máxima registrada em 2017, a criptomoeda perdeu forças e o mercado como um todo ruiu.

Os criptoativos que estavam se segurando ou lateralizando numa extensa faixa de preço viram o período de altseason e o próprio Bitcoin sucumbirem a diversos FUDs, como regulamentações em países de dominância econômica no mundo, ou até twittes de achismos desproporcionais em relação à poluição que o Bitcoin causa.

A queda do mercado ainda foi acentuada por posições de stop loss, liquidações de mercado futuro e em posições de finanças descentralizadas.

Apenas para se ter uma ideia, o volume total de Open Interest (OI) de derivativos no início de maio era de aproximados US$ 31 bilhões de dólares, sendo que mais de US$ 12 bilhões de dólares foram liquidados em Swaps futuros e perpétuos.

Ainda assim, os investidores continuam lucrando com o Bitcoin de certa forma.

Para quem deixou para comprar o criptoativo mais tardiamente o prejuízo está sendo certo.

Entretanto, de acordo com dados da Glassnode 76% dos endereços de Bitcoin ainda estão no lucro.

O mercado cripto ainda está indeciso quanto ao lado que seguirá, principalmente porque o preço do Bitcoin tem encontrado resistências de preço abaixo da média móvel de 200 períodos no diário.

A tendência de longo prazo ainda é de alta, mas a de médio e de curto prazo podem estar comprometidas caso o mercado continue assustado com as notícias frequentes de regulamentação mais pesada sobre as criptomoedas.

O importante é que cada vez mais empresas financeiras estão usando as criptomoedas de alguma forma, e a adesão aos criptoativos tem aumentado.

O processo regulatório é normal, uma vez que os Governos querem a sua fatia do mercado.

De certa forma é importante que haja uma regulamentação para que os grandes investidores e instituições financeiras ganhem confiança nesta modalidade de investimento.

Assim como também a impressão de dinheiro mundo a fora continua, e isto é favorável a commodities e aos criptoativos em geral.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar