Crypto

CEO de empresa de metais preciosos faz críticas aos criptoativos

Alguém esperava que fosse falar bem?

De acordo com o CEO da empresa de metais preciosos Metalla Royalty & Steaming, a próxima crise econômica será causada pelos criptoativos.

Brett Heath deu uma declaração onde disse que os criptoativos “vão liderar o ataque na próxima crise financeira”, fazendo comparações entre a indústria criptográfica e o crash da tecnologia no início dos anos 2000, e o colapso das hipotecas em 2008.

As falas foram proferidas em uma entrevista ao jornal financeiro Kitco News.

Segundo Heath, a adoção global dos criptoativos terá um impacto prejudicial na economia.

As falas de Heath mostraram certa preocupação em relação a investimentos em criptoativos.

Isto porque para o CEO dos “metais preciosos” os ativos digitais carecem do nível de compreensão necessário, e as pessoas investem neles sem conhecer os riscos.

Heath levantou a hipótese do colapso que os criptoativos poderão causar à economia se embasando em dizer que “quando você olha para as últimas décadas e olha para todas as crises financeiras que aconteceram, você sabe, todas elas têm algumas coisas em comum. E um deles é a adoção massiva de um novo produto financeiro que não é muito bem compreendido. ”

Para Heath, os criptoativos não combatem a inflação e são uma “licença para o setor privado imprimir dinheiro”.

Comentários à parte, este fato levantado por Heath apenas tiraria este poder centralizado das mãos do Governo que bateram recordes de impressão de moeda FIAT nos últimos 2 anos.

Heath usou como exemplo o próprio Estados Unidos, que aumentou seu volume financeiro em Dólar em pouco mais de 4 vezes em aproximadamente 1 ano.

No caso dos criptoativos, ele indagou o crescimento de 10 vezes o volume financeiro no mesmo período.

Cabe salientar que esta comparação não é plausível, pois as criptomoedas não sao ativos estáveis, como deveria ser o Dólar.

Portanto, boa parte da expansão financeira do mercado cripto não veio “apenas” da impressão ou criação de tokens, mas também da própria valorização intrínseca das moedas digitais.

Obviamente o CEO de uma empresa de metais preciosos não poderia deixar de falar sobre o Bitcoin (BTC) ser uma reserva de valor.

E como era de se esperar, rebaixou o BTC em relação ao ouro.

Heath inclusive disse que a limitação finita de suprimento do Bitcoin não seria benéfica para o ativo, mas tal declaração sem explicações que a fundamentem de forma concreta é irrelevante, e beira o absurdo.

Também disse que existem dezenas de milhares de criptomoedas que possuem uma estrutura melhor do que a primária (Bitcoin).

Diante de tantos pontos para se discutir a respeito, seria melhor escrever uma nova reportagem apenas para rebater este comentário.

De correto Heath disse que grande parte destes criptoativos são inúteis, e que os investidores deveriam “entrar nisso de olhos bem abertos”, devido à grande volatilidade que os criptoativos possuem.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar