Crypto

Vira Lata Finance ($REAU) se defende das acusações de pirâmide financeira

Após denúncias de que o protocolo da criptomoeda $REAU é um esquema ponzi (pirâmide financeira), o grupo Vira Lata Finance escreveu uma nota em sua defesa, onde tenta esclarecer as denúncias.

O Portal Bitnotícias noticiou sobre o documento de acusação de esquema ponzi contra o protocolo Vira Lata Finance.

O documento não possui assinatura de algum autor, e traz dados da Binance Smart Chain fazendo denúncias contra o protocolo do $REAU.

Ao mesmo tempo, buscamos conversar com o grupo para ouvir o seu lado, e recebemos de um de seus afiliados voluntário o documento de esclarecimento ao qual nos embasamos para trazer o lado do grupo Vira Lata Finance.

De acordo com o documento, o grupo esclarece que a perda momentânea do valor do $REAU é devido aos “ataques falsos e pessoas de outras
comunidades, além de sérias ameaças aos administradores e suporte dos grupos.”

Somos ininterruptamente chamados por essas pessoas desinformadas ou mal intencionadas de Scam, pirâmide financeira, marketing multinível, dentre outros.

Grupo Vira Lata Finance

O grupo citou o documento de acusação contra o seu protocolo, dizendo que o “exemplo mais dramático deste ataque coordenado foi a veiculação de um suposto dossiê (que não foi assinado pelo emissor, o que reduz drasticamente a confiabilidade nas informações digitas naquele Factoide) com arquivos duvidosos que foram atrelados a informações tendenciosas e mal embasadas (manipuladas).”

O grupo Vira Lata Finance disse ter ciência de que os acusadores também participam de comunidades que denigrem a imagem do $REAU para atrair investidores para outros tokens que são scams.

O grupo esclarece que não anuncia promessas de altos ganhos, diferentemente do que esquemas de pirâmide fazem.

Inclusive esclarecem que no grupo de sua comunidade é proibida a vinculação de promessas de altos lucros com o seu criptoativo, e que os administradores do $REAU aconselham a prática de hold do ativo.

Citam que a o $REAU “é uma moeda descentralizada e controlada pelos membros ativos da comunidade, portanto, os modos de utilização serão definidos tanto pela comunidade quanto por terceiros, sendo estes terceiros aqueles que observam o token, analisando uma forma de fazer parcerias e negócios com esse ideal e moeda.”

O grupo esclarece que a alta volatilidade do mercado de risco é normal, e que “pumps” e “dumps” ocorrem devido a pessoas com maior poder financeiro que geram oscilações no mercado.

Também citam a habitual manipulação do mercado em criptoativos recém chegados ao mercado.

E assim comentaram sobre a criptomoeda Dogecoin que apresentou intensa volatilidade em curtos períodos de tempo, sem serem questionados sobre estas fortes oscilações.

Esclarecem que “se o Staff (do protocolo) estivesse manipulando o mercado, eles mesmos disseminariam o pânico dentro da comunidade para que houvesse volatilidade e houvesse a possibilidade de realizar ordens de
compra e venda, o que não aconteceu na Vira-Lata Finance.”

Em contraposição ao documento que acusa o $REAU de pirâmide devido às carteiras que concentram muitos criptoativos, o documento de defesa do $REAU esclarece que há atualmente na comunidade mais de 26 mil detentores do criptoativo.

O grupo diz “comemorar” a saída de grandes baleias do protocolo para que haja uma menor capacidade individual de manipulação de preços.

Também salientam que qualquer protocolo de criptoativos ou de Ações possuem baleias devido ao valor inicial aportado, ou ao momento em que adquiriram qualquer tipo de ativo.

O grupo esclarece que a alta taxa de transferência do $REAU (5%) é devido ao combate à tentativa de evitar a manipulação de preço do ativo, e que por isso utilizaram chaves PIX para realizarem as doações ao qual o protocolo é fundamentado.

Até para mitigar isto, a nova plataforma que está sendo criada deverá ter um Fundo exclusivo para votação e realização das doações, e assim criar utilidade e demanda ao token.

Outro motivo das doações serem feitas em FIAT é a de que as ONGs não dominam o manejo de criptoativos, o que prejudicaria o conceito assistencial do protocolo.

O grupo do Vira Lata Finance também comentou sobre a carteira principal que foi apontada como a carteira chefe do esquema dizendo que “o usuário fez sua primeira ordem de compra no valor de 3 trilhões de $REAUs no dia 22 de março às 18 horas. Se observado na comunidade do Telegram na mesma data, o grupo já possuía mais de 100 pessoas, a moeda já possuía 18 horas de vida e o preço não era mais o de lançamento. Além disso,
como citado anteriormente, existem robôs que fazem busca de novos projetos no mercado e o $REAU, assim como qualquer outro token DeFi, não tem como escapar disso. Qual seria o sentido de um desenvolvedor comprar a sua própria moeda quando ela já teve seu valor elevado?”

Continuando, diz que “analisando as transações dessa Wallet é possível identificar que o detentor pula entre diversos tokens há muito tempo, o que é exatamente o padrão de atuação do bot sinalizado acima. Isso está disposto no link da BSCSCAN emitido no documento (acusador), o que é aberto e acessível a todos.”

Neste link há a fonte citadas nos documentos.

O documento de defesa do grupo Vira Lata Finance explica que “não há como afirmar ou provar de nenhuma forma que o dono dessa carteira seja um desenvolvedor ou Staff da $REAU. É possível apenas estipular que é uma baleia que detém forte poder econômico, que vive de trades e sempre está atrás de novas oportunidades de mercado, e comportamento programável.”

Por fim, o documenta lamenta que “o staff do $REAU teve de parar seus desenvolvimentos para poder dar estas explicações aos emissores do
documento e, esperamos que, da mesma forma que eles utilizaram de suas palavras para denegrir a imagem da token, tenham a decência de utilizar destas mesmas palavras para se retratar.”

O documento do grupo Vira Lata Finance ainda questiona o do dossiê que os acusou dizendo que:

*Se você realiza os lucros: você causa pânico e pode abalar o projeto, você é um ‘’vilão’’.

*Se você vende aos poucos: você está manipulando o mercado, você é um ‘’vilão’’.

*Se você não vende: você está roubando dinheiro dos outros no hold, você é um ‘’vilão’’.

*Em todos os casos citados, para os emissores do suposto dossiê, você será o errado.

Por fim, diferentemente do documento acusador, o Grupo Vira Lata Finance se identifica como autor da nota de esclarecimento.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar