Crypto

Índice mostra que os mineradores podem estar segurando o preço do Bitcoin

De acordo com a empresa de análises CryptoQuant, nunca foi tão alto o Índice de Posição dos Mineradores (MPI) no mercado do Bitcoin (BTC).

Certamente este é um dos motivos plausíveis para o preço do Bitcoin sofrer tamanha resistência na casa dos US$42.000 e abaixo.

O MPI é definido como a proporção de um valor de todas as saídas de mineradores em dólares americanos dividido pela média móvel de 365 dias.

O MPI basicamente explica o comportamento relativo de liquidação dos mineradores em comparação com a média histórica do preço do Bitcoin.

Resumindo, quanto mais elevado for este índice, mais Bitcoins estarão sendo enviados pelos mineradores às exchanges.

Os mineradores também podem ser considerados importantes entidades que controlam de certa forma o preço do Bitcoin.

Desta forma, o MPI se torna um importante indicador para se mensurar os pontos de venda do Bitcoin.

O MPI registrado na atualidade é maior que aquele atingido no final de 2017, no movimento altista que ficou conhecido como a corrida dos touros ou “bull run”.

Os mineradores estão identificando esta ampla faixa entre os US$33.000 e os US$42.000 dólares como uma faixa bastante lucrativa, e assim estão aumentando a pressão de venda da principal criptomoeda do mercado.

Muito se especulou durante esta alavancada do valor do Bitcoin onde seria esta faixa de preço a qual os mineradores realizariam seus lucros para pagar pelos altos custos da mineração.

Com o MPI atingindo o seu maior nível histórico, parece que o Bitcoin agora está diante dela.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar