Crypto

Testnet da rede parachain funciona e faz DOT saltar 50%

A rede Polkadot está prestes a lançar a sua primeira parachain.

O sistema de cadeias paralelas que trará inovações à rede de blockchains não foi lançada junto à mainnet do protocolo Polkadot em meados de 2020, entretanto o sistema parachain de testnet já estava sob evolução.

Em continuidade ao processo, a Plasm Network se conectou ao testnet Rococo V1 que é a prova de consenso mais atualizada do sistema Polkadot.

A alta recente da criptomoeda DOT que a levou ao top 5 de marcketcap ameaçando o famigerado XRP foi devido à associação com uma das principais empresas mundiais de aplicativos descentralizados (dApps) e desenvolvedora de WEB 3.0 Plasm Network.

As inscrições para entrada no testnet da parachain do Polkadot foram feitas por ordem de chegada, e a primeira a realizar lockdrops na rede foi a Plasm Network.

Em 2020 a Plasm Network realizou diversos lockdrops assegurando mais de 16.000 Ethereums bloqueados em contratos inteligentes na rede em praticamente 2 meses.

Assim, o número de novos aplicativos e empresas que desenvolvem dApps que poderão se conectar à Plasm Network é incalculável.

Devido a isto o salto do preço do criptoativo foi gigantesco, e o DOT quebrou seu topo histórico novamente e acumula alta de mais de 50% em dois dias.

Um outro fator importante que ajuda nesta alavancada do protocolo Polkadot é o congestionamento da rede Ethereum, além de suas altas taxas de transação que estão atingindo as máximas históricas dia após dia.

O protocolo Polkadot é de certa forma mais funcional que o protocolo Ethereum, e inclusive poderá fazer uma ponte entre as redes através das parachains.

Apesar disto, a sua rede paralela ainda está performado testes, e deverá ser otimizada à medida que novas empresas e contratos inteligentes forem formados em seu ecossistema.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar