Crypto

Vixes – Mineradora em nuvem é investigada em esquema Ponzi

De acordo com fontes de pesquisa MLM (Multi Level Markting) a mineradora em nuvens Vixes pode estar associada a esquema Ponzi.

Um esquema Ponzi é uma forma de esquema de pirâmide financeira, como é conhecido no Brasil.

Primeiramente, o domínio do site vixes.biz foi registrado meses antes do lançamento da mineradora sem código fonte de segurança, e a URL da Vixes não apresenta informações sobre quem é o proprietário ou dirige a empresa.

O domínio do site da Vixes foi registrado de forma privada, e segundo os revisores MLM este é um primeiro indício de fraude.

Ademais, a empresa fornece um endereço em New South Wales, Austrália em seu site.

As buscas de localidade revelam que não há uma empresa Vixes no local, mas sim trata-se de um endereço compartilhado pela empresa Servcorp, uma provedora de escritório virtual.

Na página da Vixes não há qualquer menção desta outra empresa.

A maior parte dos registros de fonte de tráfego da Vixes são identificados no Brasil, Venezuela e Egito, o que de acordo com pesquisas MLM mostram que provavelmente o provedor do serviço esteja baseado em um destes 3 países.

Outro ponto relatado é que a Vixes não possui produtos ou serviços disponíveis.

O usuário apenas adquire uma conta sem o mínimo de dados pessoais fornecidos, investe num suposto serviço de mineração, e passa a ter rentabilidades médias neste período.

Quanto mais o usuário investe maior é o ROI atribuído à sua conta, sem indicação de perdas derivadas dos trâmites do mercado.

O esquema de pagamento das recompensas segue esquema Ponzi com graduação de nível de recursos investidos.

  • 7% no nível 1 (afiliados recrutados pessoalmente)
  • 2% no nível 2
  • 1% no nível 3

Para o pagamento destas recompensas a Vixes afirma possuir uma fazenda de mineração sem evidências operacionais e Legais em qualquer parte do mundo.

Para operar legalmente em investimentos passivos a Vixes precisaria registrar sua oportunidade de investimento junto aos reguladores de valores mobiliários de cada país.

De acordo com a associação MLM não existem registros Legais de atuação em nenhum dos 3 países de maior atuação da empresa.

Não há dados disponíveis ou achados Legais da atuação da empresa.

Isso significa que, independentemente das operações de mineração alegadas pela empresa, a Vixes está operando ilegalmente em seus três principais mercados.

Ao ser procurada via email e telefone a empresa praticamente não retorna os contatos feitos, fazendo-o basicamente dentro de sua plataforma.

Relatos de usuários diversos da mineradora disseram não conseguir contato com a empresa quando suas contas foram banidas exatamente por não terem mais acesso ao login e senha.

Atualmente, a única fonte verificável de receita que entra na Vixes são de novos investimentos.

De acordo com o esquema Ponzi ilustrado acima, uma vez que o recrutamento de novos investidores ou afiliados para cada usuário termina a sua conta pode ser extinta, pois este não mais agrega novos investidores ou usuários à sua conta participativa.

Isso fará com que a Vixes não seja mais capaz de pagar solicitações de saque levando a empresa a banir contas sem justificativa razoável para seguir o esquema.

Para os usuários que entraram primeiramente na empresa os recursos recebidos são maiores, mas depois de disseminado o esquema os que entram posteriomente sempre tomam prejuízo.

Como o Brasil é um dos maiores mercados da empresa cada vez mais reclamações e casos de banimento de contas têm aparecido.

Desta forma, é recomendável atenção e boa avaliação de aportes financeiros em empresas que demostrem tantas informações inconsistentes.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar