Crypto

Qual seria o provável destino do seu Bitcoin, caso você venda agora?

Conforme os meios de comunicação têm mostrado, cada vez mais estamos vendo investidores institucionais e grandes empresas adquirindo criptomoedas, principalmente Bitcoin e Ethereum.

A MicroStrategy, por exemplo, adquiriu um total e 2574 Bitcoins no dia 04.12, e já no dia 08.12 informou que investirá mais US$400 milhões na criptomoeda em breve.

Empresas como a Square, a Grayscale, a MicroStrategy e o PayPal, por exemplo, não estão pensando no curto prazo, e estas estão armazenando criptomoedas em suas carteiras frias.

Para vermos a significância disto, cabe pontuar que apenas em novembro estas empresas adquiriram mais Bitcoins do que o número de criptomoedas que foi minerado.

Se assim continuar (e que deve até progredir), cada vez menos criptomoedas e principalmente Bitcoins estarão disponíveis no mercado.

Façamos aqui a seguinte reflexão.

Se você, investidor em Bitcoin, possui por exemplo uma conta na exchange Coinbase, e você o vendeu nos últimos 4 meses, eu pergunto:

Para onde pode ter ido este Bitcoin? Onde ele pode estar agora?

Conforme noticiado meses depois do ocorrido, foi a exchange Coinbase quem auxiliou a MicroStrategy na compra de mais de 37.000 mil Bitcoins de agosto a outubro.

Se o raciocínio ficou claro, as principais criptomoedas do mercado estão saindo das mãos de traders e de investidores de “mãos fracas”, e indo parar nas carteiras frias das grandes instituições.

De acordo com a empresa de análises PlanB, o pensamento é exatamente este.

Assim pontuaram os analistas do grupo:

“Esses BTCs irão desaparecer do mercado e irão para um armazenamento refrigerado profundo, e lá permanecerão por anos.”

E com mais essa, com o passar do tempo cada vez mais o Bitcoin se tornará escasso.

Seja de forma mais longa, como nos halvings; seja pela perda dos criptoativos das formas mais diversas; ou seja porque grandes instituições os tirarão do mercado em grandes escalas.

Sim, exatamente este Bitcoin que agora é seu, caro leitor, e que pode estar aí guardadinho em uma carteira.

*Obs. Apenas para não deixar de ressaltar, sempre e sempre, o “seu” Bitcoin que está numa exchange não é seu, então atente-se.

Pois bem, este conceito aqui passado não é uma recomendação de investimento.

É apenas um ponto de reflexão sobre um produto raro, e de altíssima qualidade e fundamento.

Então, investidor, reveja sempre seus planejamentos de risco e lembre-se que parece que existe uma nova espécie de baleia por aí.

E o grupo delas aparenta querer o seu Bitcoin, e não apenas agitar as águas da liquidez do mercado cripto.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar