Crypto

Exchange brasileira fez presepada? Reclame lá

A mídia cripto brasileira noticiou esta semana a respeito da exchange brasileira Meu Pé de Bitcoin, sobre reclamações de clientes postadas no site Reclame Aqui.

Na ocasião, alguns clientes, principalmente da Região Nordeste, relataram no site de reclamações dificuldades de saque, dificuldade de cancelamento de contas e contratos, e pagamentos incorretos feitos pelo meu Pé de Bitcoin.

Esta não é uma situação incomum no Brasil que já passou por diversos casos de pirâmides financeiras que utilizaram os serviços de exchange e o Bitcoin para aplicar golpes diversos.

Por outro lado, existem as exchanges que estão prestando serviços há anos no mercado e que também recebem reclamações diversas no site do Reclame Aqui.

Assim, o Bitnotícias fez um levantamento das exchanges nacionais que constam no site de reclamações para vermos como elas estão no cenário do comércio de criptomoedas brasileiro.

A pesquisa

Ao utilizarmos as palavras-chave “Exchange” e Bitcoin”, no total foram encontradas 31 empresas relacionadas no Reclame Aqui.

Levantamos que muitas delas não trabalham como exchange diretamente, ou Bitcoin, mas de alguma forma tiveram alguma postagem no Reclame Aqui relacionada ao assunto.

Exemplo clássico do site Mercado Livre que consta nos achados da pesquisa, mas que não é diretamente uma exchange.

Entretanto, há no site diversos anúncios de venda de criptomoedas, mas também há anúncios de outros produtos relacionados, como por exemplo moedas de Bitcoin físicas decorativas, camisetas, máquinas mineradoras de criptomoedas, entre outros.

Avaliações

A plataforma do Reclame Aqui permite que usuários cadastrados atribuam notas às empresas citadas na plataforma.

Algumas das empresas listadas não possuem uma nota atribuída, mesmo possuindo reclamação no site, como é o caso da recém noticiada Meu Pé de Bitcoin.

Sessão da exchange Meu Pé de Bitcoin no Reclame Aqui

Além das notas, ao clicar em cada empresa listada pode-se buscar pelo tipo de reclamação, se foi respondida, se o problema foi resolvido, entre outras informações importantes.

Há também um ranking de reputação que elenca as exchanges relevando as com maiores notas, mais perguntas respondidas, e mais problemas solucionados nas mais diversas esferas.

Avaliação das empresas de acordo com o site Reclame Aqui

Apesar de ser relativa a simples avaliação por nota devido a diversos fatores, já dá para ter uma base da exchange apenas neste primeiro quesito.

Empresas como Brasiliex, Mercado Bitcoin, Novadax, Coinbr, Intradec, Binance, FoxBit, Bitcoin to You, e até a Empiricus da inesquecível Bettina possuem notas relativamente boas no Reclame Aqui.

Por outro lado há a infelicidade de quem investiu em empresas como Negocie Coins, Atlas Quantum, Midas Trend e Uniq Forex, entre outras, que mais do que notas baixas possuem processos nas costas.

Alarmante

Ao pesquisarmos sobre as reclamações feitas no site algo que chamou a atenção foi o número de pessoas que relataram que conheceram a empresa a qual investiram dinheiro de forma aleatória.

Convites através de perfil de redes sociais, em chats de bate papo, ou através de ligações telefônicas foram formas com as quais usuários relataram que conheceram os serviços das empresas ao qual investiram.

Em boa parte os próprios reclamantes afirmaram que em algumas destas empresas foram induzidos ou seduzidos pelo telefone a fazerem aplicações financeiras.

Isto apenas mostra como este mercado é um terreno fértil para golpes devido à inocência das pessoas.

Tratam-se de pessoas que investem dinheiro em empresas simplesmente confiando na garantia verbal de supostos agentes da empresa ou corretores.

Estas pessoas também fornecem dados diversos, como de cartão de crédito, e às vezes até passam senha de cartão, conforme observamos em uma das reclamações.

Diversas empresas elencadas nesta reportagem sequer devem existir de fato, e são apenas fachada para crimes financeiros diversos.

Pode parecer bizarro para quem é do mundo das criptomoedas, mas se existem anúncios de venda de criptomoedas pelo Mercado livre é porque tem pessoas que devem comprar por lá.

O fato é que além do volátil mercado de renda variável que já é fácil de se perder dinheiro quando se não se possui instrução, planejamento, análise de risco e muito estudo, ainda existem problemas de segurança diversos, como o de se investir em empresas criminosas.

Entretanto, existem empresas sérias e consolidadas no mercado, e estas não fazem anúncios de lucro fácil e rentabilidade fora dos padrões do mercado, e não ligam para cliente ou mandam emails pedindo depósitos.

O primeiro passo para se entrar no mercado de risco é saber o mínimo do que se está fazendo, e parte desses novos investidores não possuem qualquer noção do que é isso.

E no que diz respeito ao mundo dos criptoativos especificamente, duas lições básicas devem ser ressaltas:

1 – Exchange não é carteira, mas se o investidor quer deixar as suas criptos numa, fica por sua conta e risco.

2 – Sempre que lhe mandarem emails com propósitos diversos, pedirem dinheiro através de perfis em redes sociais, fazerem ligações oferecendo produtos de investimento, entre outros tipos de contato que você não foi atrás mas que vieram atrás de você, busque informações por conta própria antes de dar qualquer passo.

No mais, reclame lá no Reclame Aqui sempre que tiver um problema, para assim ajudar a conscientizar e instruir usuários, e melhorar empresas.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar