Crypto

São Paulo Cria Divisão especial para combater crimes cibernéticos

O SIPESP, Sindicato dos Investigadores de Polícia do Estado de São Paulo, anunciou que a Polícia Civil do Estado terá uma Divisão especial para crimes cibernéticos.

Anunciado pelo Governador Doria em Decreto, a Divisão de Crimes Cibernéticos (DCCIBER) terá uma superestrutura contra criminosos.

Serão investigados pela Divisão diversos crimes como ataques hackers, cryptojacking, malwares, entre outros, e também poderão ser investigados golpes com Bitcoin e criptomoedas.

O Estado pretende investigar crimes de lavagem e ocultação de ativos ilícitos por meios eletrônicos, os quais podem ser enquadrados junto às supostas pirâmides financeiras.

Além disso a Divisão será responsável por investigar fraudes por meios eletrônicos contra Instituições Financeiras, Instituições de Comércio Eletrônico, violação de dispositivos eletrônicos e redes de dados.

Para tanto, serão formados novos agentes da Academia de Polícia Civil de São Pulo (Acadepol), mas primariamente serão integrados policiais do efetivo de investigações do setor de Fraudes Patrimoniais Praticadas por Meios Eletrônicos.

Parte desses profissionais já passaram por cursos, como o de Especialização em Investigação e Coleta de Informações, e também proverá um curso de Técnicas de Investigação de Crimes Cometidos por Meio Eletrônico.

O Governo do Estado, em Decreto nº 65.241 publicado na edição do Diário Oficial, declarou que todos os policiais terão expertise em investigação e combate ao cibercrime.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar