Economia

A ameaça de deflação na Europa



Apesar de todas as rodas de impressão de dinheiro pelo Banco Central Europeu, a Zona do Euro ainda registra deflação de preços. Por que isso acontece? Como explicar esse aparente paradoxo? Para entender esse fenômeno, é fundamental conhecer a mecânica dos BCs e dos agregados monetários.

#euro #deflação #BCE

_________

SEJA ASSINANTE E RECEBA MEU MELHOR CONTEÚDO
👑 Faça parte: https://cutt.ly/assinatura-ulrich

PRECISA DE AJUDA PARA INVESTIR?
💬 Fale com a Liberta Investimentos: https://cutt.ly/lp_ulrich#liberta

RECEBA TUDO EM PRIMEIRA MÃO
📱 Canal do Telegram: https://cutt.ly/ulrich_telegram

CONTEÚDO DISPONÍVEL TAMBÉM EM PODCAST
🔊 Ouça também no Spotify: https://cutt.ly/ulrich_spotify

(0:00) Introdução
(0:47) Deflação na Zona do Euro com impressão de moeda?
(3:14) Entendendo como funciona o QE e os agregados monetários
(5:44) A expansão monetária do BCE não impacta igualmente o M1/M2
(8:48) O Quantitative Easing não afeta o crédito bancário
(10:51) Como o Banco Central pode gerar inflação?
(12:22) Somente governos gastando em déficits fiscais podem gerar inflação

source

Etiquetas
Mostrar mais

50 Comentários

  1. Difícil é confiar nessa estatística estatal de “deflação”. Banco central foi programado para botar no lombo de nós, o *gado médio.

    *Gado: qualquer indivíduo que paga imposto para alimentar os donos dos currais, também conhecido como políticos e corporativas.

  2. Fernando , por mais estranho q pareça , teremos deflação aqui também 😳 , estamos chegando ao ponto na curva de consumo nossa , onde o povo não terá dinheiro para consumir , pode preparar , está cravado , dentro 2 meses

  3. Esse papo de "ameaça da deflação" é pura conversa fiada. Que problema há em gastar menos para obter mais bens e serviços? Se deflação fosse um problema, então seria o problema mais fácil de resolver do mundo: bastava imprimir bastante dinheiro e pronto, problema resolvido. imprimam dinheiro físico e mandem 5000 euros para cada cidadão pelo correio. vamos ver se vai ter deflação.

  4. Teremos deflação no ano que vem, com o fim do auxílio emergencial e o retorno da política recessiva que vem desde 2016. Sem investimento público e sem investimento privado, como o Brasil vai crescer? Essa (pseudo)retomada é mais artificial que músculo de fisiculturista. Enquanto o anabolizante (auxílio) está sendo injetado na veia, ok. Em janeiro, o anabolizante vai acabar. E aí? Com um governo desses, quem vai ser o maluco que vai investir? Investimento privado caindo fora. Governo não tem condições de investir. Em 2021, a bomba vai estourar. Precisamos de um novo governo em 2023, que inspire confiança aos investidores privados. Com esse já era. Não há condições. Vamos investir em ouro e esperar 2023.

  5. Eu vejo o Ulrich falando várias vezes que a deflação é algo ruim que os governos querem evitar a qualquer custo mas nunca entendi exatamente o porque, ele tem algum vídeo explicando isso?

  6. Aqui no Brasil não temos M1 M2 , não temos nada , Pauli Guedes nem para ir nas mídias falar como está nossa balança comercial , pois creio q estamos com superávit , este boboca da roça , deu grana free para os bancos , a tx selic e nem pediu contra ponto , não temos grana nas ruas Fernando , sou comerciante estou na linha de frente , encaro gente de verdade real , não tem dinheiro , um economista de verdade tem q estar nas ruas , frente população , estamos na beirada do precipício , preparem pois o piloto Guedes babão sumiu

  7. Talvez pelo fato que toda a QE europeia visa a elite. Não vem com auxílios emergenciais. O que se deveria investigar é qual foi o impacto das QEs na Europa, nos EUA e no Japão na distribuição de renda.

  8. Ulrich, tenho uma dúvida não relacionada ao vídeo que gostaria que alguém me respondesse:
    Percebi que mesmo sem alavancagem, consta no regulamento uma cláusula de riscos gerais sobre a possibilidade de perda superior ao valor investido fazendo com que eu fique com uma dívida. Em que situação isso pode ocorrer?

  9. Isso quer dizer que a inflação na zona do Euro está na mão dos Bancos comerciais, já que cabe a eles fornecer esse crédito ou não ao setor privado a taxas atrativas? Fiquei com essa dúvida?? Se alguém puder esclarecer desde já agradeço 👍

  10. Pessoal porque as coisas ficarem mais barata (deflação) é ruim ? Se toda a cadeia produtiva fica mais barata e a as taxas de lucros preservadas, não consigo entender porque seria ruim. Obrigado.

  11. Ulrich, mas toda esta criação de base monetária deve gerar perda de confiança na moeda.Na minha opinião a grande surpresa para o mundo, será qdo. as pessoas perderem a confiança no Dólar.Acredito q isto não demorar.Esta loucoura/velocidade dos mercados neste irá explicar isto.

  12. Sua clareza nos vídeos são ótimas, o problema que eu tenho que rever o seu videos para entende-las, são termos que não estão no meu dia-a-dia:
    base monetária, M1, M2, quantitated freezing, HICP, BCE, expansão monetária, Federal Reserve, Reserva bancaria

  13. Fernando, tenho uma pergunta, ficaria agradecido se me respondesse.
    Seguinte: Essa política de manipulação de juros para baixo, próximos de zero, não estimula o crédito para a população? E se sim, como essa injeção de dinheiro não está respingando em M1 E M2 por meio da concessão de crédito.

    Pois penso assim: Muito dinheiro foi injetado nos bancos de diversas formas e com esses juros baixos, a população tende a pegar mais empréstimos e pedir mais por concessão de crédito no geral. Como isso pode não gerar uma inflação?

    Abraço, Obrigado pelo conteúdo de qualidade sempre!

  14. O que importa é onde todo esse dinheiro impresso foi gasto ou investido … Se foi colocado na bolsa … a bolsa inflaciona … se é colocado em imóveis … os imóveis inflacionam … se é colocado em ouro, o ouro sobe de preço … se é investido em mais produção, pode haver inflação em uns setores com e deflação em outros … sé é esbanjado pelos ricos em itens de luxo, só afetará o setor dos itens de luxo … se muito foi simplesmente escondido em paraísos fiscais, quem sabe quando influenciará os mercados … !!!
    Talvez a inflação, desvalorização monetária e a corrida por US Dólar e Euro dos países mais fracos … foi superior à impressão monetária realizada na Europa e nos Estados Unidos … Com uma moeda ainda mais forte … os Estados Unidos e a Europa podem comprar muito mais dos países fracos usando muito menos Dólares ou Euro … !!!

  15. O engraçado é que todos os gráficos mostrados apontam pra um situação pré crise muito parecidas com a de 2009. Ou seja, pra quem acha que a crise já chegou e está acabando, está muito enganado, talvez ela só chegue de verdade ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar