Crypto

Milhares de Bitcoins foram retirados da exchange Bitmex após instauração de Processo Legal

Após o anúncio da Ação movida pela Commodity Futures Trading Commission (CFTC) americana, contra a BitMEX, seus executivos, e mais algumas empresas parceiras da exchange, milhares de Bitcoin foram transferidos pelos seus usuários para outras carteiras e exchanges.

Conforme dito por Philip Gradwell, economista da empresa de análise de blockchain Chainalysis, mais de 32.000 Bitcoins foram retirados da BitMEX no período de 24 horas após o anúncio do Processo.

Atualizando os dados, através de um tuíte do grupo Glassnode, no total mais de 40.000 Bitcoins já foram transferidos da carteira da exchange, o que congestionou o sistema da exchange fazendo-a processar as solicitações de retirada fora do cronograma normal.

A BitMEX possui uma das maiores carteiras de Bitcoin dentre as exchanges do mundo. No início deste ano havia aproximados 290.000 Bitcoins em custódia na exchange.

Este número caiu na metade deste ano para aproximadamente 200.000 unidades, e depois do ocorrido ficaram em torno de 170.000 Bitcoins na exchange, até o momento.

Boa parte das criptomoedas estão sendo enviadas para a Binance, Gemini, e OKEx, entre outras exchanges, além das transferências direcionadas às carteiras próprias dos usuários.

Apesar do incidente, o Bitcoin se mostra resiliente a este acontecimento, e de certa forma os usuários da BitMEX, também, uma vez o volume de retirada de criptomoedas da exchange ainda é considerado baixo, em torno de 20% do total.

Baixo, por que em apenas 1 hora o Glassnode chegou a computar uma retirada de mais de 20.000 Bitcoins, o que representou quase 50% do total que já foi retirado.

Devido a isto, esperava-se que o volume de retirada ao longo do dia fosse bem maior.

A recente queda do preço do Bitcoin mais parece estar relacionada à sua volatilidade habitual, e a fatores diversos como a queda do S&P500 ou o anúncio do “resfriado” de Donald Trump.

Por parte dos usuários da Bitmex, a forma como a exchange se posicionou diante do ocorrido, além da forma madura como tem lidado com os saques de criptomoedas tem trazido certa confiabilidade de que o problema não os afetará diretamente.

De acordo com a CFTC, a BitMEX não implementou os procedimentos adequados de KYC e protocolos anti-lavagem de dinheiro, além de supostamente atender clientes sem registro.

De certa forma, esta Ação movida pela Comissão americana causou espanto, pois recentemente a BitMEX havia anunciado que implementaria medidas de controle e restrição a seus usuários.

No mês de agosto, por exemplo, a exchange cancelou contas de cidadãos canadenses que não estavam regulares às normativas da Comissão de Valores de Ontário, e implementou novas medidas de segurança KYC e AML.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar