Crypto

Criptomoedas: Regulamentação vs. Regulação – BitNotícias

Nunca se abordou tanto o assunto regulamentação de moedas digitais como agora.

O tempo está passando e a tecnologia blockchain está vindo com tudo para gerenciar as finanças globais, e as Instituições financeiras públicas não podem mais ignorar isto.

A Suíça já permite que Bancos aportem criptomoedas em suas carteiras de investimentos.

Em fevereiro deste ano a Venezuela regulamentou a “posse de ativos criptográficos próprios”, permitindo a utilização de criptomoedas e da Petro, a criptomoeda governamental venezuelana.

Em março foi a vez da Índia, através da sua Corte Suprema, revogar a circular Institucional que proibia empresas de comercializar criptomoedas.

Na Colômbia, o Ministério da Tecnologia da Informação protocolou uma guia de instrução ao setor público para a adoção e implementação de tecnologia blockchain e pagamentos com criptomoedas.

No Reino Unido, as políticas estão sendo voltadas para a regulamentação ampla e massiva das moedas digitais e tecnologia blockchain.

No que tange este tipo de ativo há países que pensam em implantar além das próprias moedas, também as tecnologias às quais elas se fundamentam, expandindo a sua capacidade econômica e científica.

Por outro lado, há países que estão mais preocupados com o monopólio hierárquico do dinheiro, com a sua burocracia medieval e a sua falência como modo de gerenciamento estatal.

Estes países estão perdendo a “guerra fria” tecnológica das finanças, e abrem as portas para seus concorrentes entrarem e passarem a sua frente.

É o caso simples dos Estados Unidos, por exemplo, que não querem olhar a China correndo à frente, e quando perceberem ela já terá sumido de vista.

Regulamentar as moedas digitais não significa permitir as criptomoedas.

E regulamentar as criptomoedas não significa permiti-las, como o caso do Brasil, por exemplo, que possui uma Legislação pífia sobre criptoativos onde você pode possui-lo, comercializa-lo, mas não utilizá-lo como forma de pagamento, motivo básico pelo qual ele foi criado.

Caso o leitor queira se informar a respeito dos aspectos regulatórios atuais das criptomoedas nos diferentes países, o site Global Bitcoin Regulation é uma ótima ferramenta.

Fonte

O site condensa as principais informações Legais dos países que possuem qualquer Legislação pertinente a criptomoedas e ativos digitais.

O nosso papel como dispersores de informação é trazer ao leitor meios para que ele se embase sobre um assunto, e que assim possa ter ciência sobre suas amplas questões, e que possa discernir e criar bases lógicas sobre tal assunto.

Tendo em vista que o mundo está se tornando em seu todo digital, as finanças não poderiam ficar de fora dessa, e isso envolve você e o seu dinheiro.

Então se você chegou até aqui, caro leitor, peço que você não deixe de se atualizar em relação às finanças digitais, criptomoedas, finanças descentralizadas e afins.

O seu próximo voto pode colocar lá no poder um ser atrasado, detentor de suas próprias causas, ou colocar lá alguém que queira desenvolver o nosso país e a sua economia, e tenha certeza que a descentralização da máquina estatal de imprimir papel será um dos maiores passos evolutivos da sociedade digital.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar