Economia

DÓLAR a R$ 5,67! Bacen errou a mão na taxa de juros



Dólar voltou a subir alcançando R$5,67 na semana passada em meio a instabilidade política e o debate sobre reajuste dos servidores públicos. Além disso, Banco Central está realmente querendo transferir ao Tesouro Nacional o ganho com a valorização cambial num total de R$400 bilhões.
O que isso significa e quais as implicações disso?
_________

SEJA ASSINANTE E RECEBA MEU MELHOR CONTEÚDO
👑 Faça parte: https://cutt.ly/assinatura-ulrich

PRECISA DE AJUDA PARA INVESTIR?
💬 Fale com a Liberta Investimentos: https://cutt.ly/lp_ulrich#liberta

RECEBA TUDO EM PRIMEIRA MÃO
📱 Canal do Telegram: https://cutt.ly/ulrich_telegram

CONTEÚDO DISPONÍVEL TAMBÉM EM PODCAST
🔊 Ouça também no Spotify: https://cutt.ly/ulrich_spotify

(0:00) Introdução
(0:45) Bacen vai transferir R$400 bi ao Tesouro
(2:15) O piso implícito do dólar é R$5,10
(3:30) Bacen financiando o Tesouro?
(5:30) Dólar volta a subir no Brasil
(6:55) A alta volatilidade do real brasileiro
(9:54) A baixísima taxa de juros é o problema
(10:57) O diferencial de juros Brasil x EUA é o menor da história
(13:05) Por que o diferencial de juros importa
(14:28) Bacen e o puxão de orelha do Fed

source

Etiquetas
Mostrar mais

39 Comentários

  1. Estou cada vez mais desanimado com o nosso país. Desemprego altíssimo, salários cada vez mais baixos e uma moeda que está virando pó e não tem poder de compra nenhum. Os brasileiros pobres e médios estão cada vez ficando mais pobres. Brasil só é bom pra políticos, funcionários públicos de alto escalão e os empresários amigos dos políticos.

  2. Parabéns, adoro ouvir o canal.
    Mas não vamos ser polidos, a culpa e do legislativo e STF, não deixando sair as reformas e nem querendo tirar da carne. Bolsonaro e a economia estão com a corda no pescoço.
    Se não trocarmos esse STF e legislativo. Vamos afundar no buraco

  3. É muito fácil falar de fora, mas o Brasil tem uma das maiores reservas cambiais, nosso país não pode sofrer um ataque especulativo. A questão é que o Brasil ganha mais com a taxa de juros baixa com a redução da dívida que vimos ano passado e por consequência com a taxa de câmbio devido as nossas mlnatruosas reservas que o PT via Meireles criaram(sabiamente). A questão central é que acabou a mamata dos especuladores que se auto-denomina "mercado" e que sabemos quem é, os bancos que detêm parte considerável da dívida brasileira. Sei que há um risco na dívida pública, mas nada que uma reforma tributária e a revisão de isenção de 300 bilhões/ano de impostos não resolva, acho que esse foi um acerto do BC, que claro não foi intencional porque a função deles é modelar a taxa de juros da forma mais elementar possível: o controle da inflação. Então como diria o economista André Perfeito, "a boa notícia é que está ruim".

  4. Acho q nao errou a mao, ja que ate os elfos ja perceberam q, no pais do coitadismo, nada vai pra frente. Aqui nao vai sair de uma horta (milho e soja) e garimpo (ferro e etc), produtos voltados a exportacao.

  5. Discordo um pouco de quando se diz que Selic baixa é problema, se tem quem empresta a essas taxa baixa, então isso é excelente. No mais o livre mercado tende a se auto regular, real depreciado impulsiona exportações e incentiva a industria local e o país avança. E quando o país tem muito dolar, tem que vender, regulando o câmbio.

  6. Acho que o mais tenso disso tudo é a volatilidade do piso do dólar. Em 2012 até 2015, o BC fazia Swap Reverso com o piso no dólar abaixo de 2 reais. Hoje, dessa forma que as coisas estão caminhando, o Swap Reverso do Banco Central começará a ser feito em 4,80/4,90, visto que o "Preço Médio" do Banco Central está em R$ 5,10 e no volume do Banco Central (e a volatilidade que os Juros baixos trazem para o Mercado de Câmbio) R$ 0,30 de perda já é bem doloroso.

    Dentro desse cenário, a diferença entre os pisos está maior que 150%.

    Ao mesmo tempo, teremos uma dificuldade muito grande com a venda de Títulos de Dívida Pública pois ninguém vai comprar o Brasil ganhando menos de 4% ao ano em Reais quando pode ganhar um pouco mais ou próximo a 1% em dólares comprando a dívida dos EUA, isso levando em consideração o piso atual do dólar e o Spread entre o valor de cada moeda. Pois ainda há o Risco Brasil que não ajuda na conta.

  7. Vi muita gente dizendo que a inflação é um índice manipulado ou coisa assim. Acho importante pontuar que, ao contrário do que ocorria na Argentina, por exemplo, aqui não existe manipulação dos números em si. O problema é a fórmula para o cálculo (não os dados). A nossa fórmula para calcular a inflação leva em conta o preço de muitos itens e boa parte deles não faz parte do consumo recorrente das famílias. Daí a sensação de que os números estão sendo "manipulados". O que as famílias percebem é a inflação do custo de vida, que é outra coisa. Posto isso, a despeito dos números, o que fica claro e evidente é que o poder aquisitivo das famílias está diminuindo. Itens importantes, como alimentos, combustíveis e energia elétrica ficaram mais caros. Muito mais caros. Nenhuma surpresa. Política expansionista dá nisso, não importa qual seja o governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar