Economia

Inflação está alta, sim, alimentos que o digam!



SEJA ASSINANTE E RECEBA MEU MELHOR CONTEÚDO
👑 Faça parte: https://cutt.ly/assinatura-ulrich

PRECISA DE AJUDA PARA INVESTIR?
💬 Fale com a Liberta Investimentos: https://cutt.ly/lp_ulrich#liberta

RECEBA TUDO EM PRIMEIRA MÃO
📱 Canal do Telegram: https://cutt.ly/ulrich_telegram

CONTEÚDO DISPONÍVEL TAMBÉM EM PODCAST
🔊 Ouça também no Spotify: https://cutt.ly/ulrich_spotify

(0:00) Introdução
(0:50) Nota de R$200 não é retorno à hiperinflação
(2:05) Evolução do IPCA, IGP-M e IPA-M
(3:10) Preço dos alimentos está subindo forte
(4:57) Alta de julho do IPA-M maior desde 2002
(8:15) Manifestações de junho de 2013
(10:00) Estagflação é possível agora

source

Etiquetas
Mostrar mais

43 Comentários

  1. Desde fevereiro venho percebendo que o meu poder de comprar no mercado, mesmo no atacado vem caindo. Ha 2 meses, percebi a depreciação da moeda. Voltamos a era de produzir para comer, pois seguimos a um caminho sem volta. Poder de compra de produtos basicos, mais caro a cada semana.

  2. Trabalho numa pizzaria , praticamente está tudo subindo os preços , mussarela , calabresa , bacon , etc … A mussarela comprava por R$18 a R$20 o kg e agora está R$ 25 a R$27 o kg , está tendo muita inflação para as pizzarias !

  3. Boa Fernando !
    Não precisa ser economista pra perceber o aumento dos alimentos no supermercado.
    Realmente perderam a mão nessa SELIC ai…
    Vamos ver as cenas dos próximos capítulos e sentiremos no bolso essa inflação ai…
    O Like de sempre ! 👍🏻

  4. Inflação é o aumento GENERALIZADO dos preços. O preço de meia dúzia de alimentos do supermercado não representam a inflação na economia inteira.
    Isso não está ocorrendo e o seu vídeo anterior estava mais correto do que esse.

  5. Ta ok, então quer dizer que distribuir dinheiro para o povo através de programas de distribuição de renda como o bolsa familia, o auxilio emergencial e o futuro renda brasil, vai fazer disparar o preço de tudo assim como já aconteceu no governo DIlma e Lula, só que tem um porem, no governo lula e dilma eles distribuiram renda como forma de assistencialismo contra a pobreza, o bolsonaro criou o auxilio emergencial, para salvar a economia, e no fim os dois deram no mesmo resultado, inflação alta, creio eu que o problema nunca foi e nunca será oferta e demanda, até porque há muito mais oferta do que demanda nos tempos atuais de alta produção industrial em massa, o que ocorre aqui, é o sobre lucro, eu que inventei, não importa o quanto que voce produza e o quanto que voce vende para o vendedor o que importa ,é atingir uma meta de lucro com o menos esforço possivel, e já que o governo esta ajudando a economia com distribuição de renda, acredito que nenhum comerciante esta prezando por vender demais seus produtos, afim de rotacionar o estoque o que geraria muito gasto para ficar repondo estoque com transporte e mão de obra, e administração dessa rotatividade alta de produtos, para o vendedor o que importa é sua meta de lucro seja alcançada, e se fizer menos esforço para ele melhor ainda, já que o governo esta auxiliando nisso, acredito que o Brasileiro assim como aconteceu no governo lula e dilma, esta apenas se readequando a nova economia do bolsonaro.

  6. Não seria sazonal no tempo? Houve um aumento de demanda pelos itens básicos justamente pq num período de crise a população usa seus recursos justamente para o básico, isso somado ao fato de ficarmos mais em casa. Outro fator seria o auxílio do governo com oferta financdifa sem aumento de oferta de produtos. Isso explica a inflação "momentânea" dos alimentos

  7. Olhando de forma diferente para o auxilio emergencial, e para o bolsa familia, acredito que o bolsonaro esta fazendo igual ao lula so de que uma maneira mais ampla, quadruplicando o numero de pessoas atingidas pelo auxilio, agora a questão é e quem ficou de fora do auxilio, tanto emergencial como o bolsa familia, essa pessoa se sente lesado, porque tudo esta ficando mais caro e sua renda não cresce, é muito contraditório, o que acontece, quem trabalha é desmerecido pelos governos e quem não trabalha é que é auxiliado, bom olhando de maneira ampla acredito que esse caminho é inevitavel, e o Brasil seguirá pela linha do renda sobre renda aqueles que tiverem mais renda é que se sairão melhor na nova economia, e no fim acredito que todos estarão satisfeitos, menos os que foram desfavorecidos, mas afinal quero deixar uma pergunta no ar, isso que esta acontecendo de todos estarem sendo nivelados por baixo com a distribuição de renda e a inflação, e no final as pessoas receberem parte de sua renda vinda do governo ,é uma utopia socialista ou capitalista ???, porque no final do capitalismo se dizia que como os robos fariam o trabalho dos humanos os humanos sobreviveriam com distribuição de renda, e no final do socialismo ,quando o estado fosse muito rico, tirando aquela parte dos meios de produção serem do estado, utilizando somente a parte do estado rico, afinal que sistema é esse que o Brasil esta se tornando, acredito eu ser uma mistura dos dois, e no fim não sei no que isso vai dar, mas aguardaremos os próximos capitulos, dessa novela chamada Brasil.

  8. Mas também a procura por super mercados aumentou muito … tendo em vista que restaurantes estão fechados em muitas cidades. É preciso focinheira de pano pra ir certos locais… tá tudo muito chato, desanimador sair de casa. Aí o povo ta comendo em casa mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar