Crypto

Chefe dos correios russo é preso por minerar criptomoedas no trabalho

A polícia russa prendeu o ex-chefe de uma agência de correios regional que usou os computadores de sua filial para minerar criptomoedas.

“De acordo com a investigação, desde setembro de 2019, o suspeito instalou e conectou ilegalmente equipamentos de informática para a extração de criptomoeda à rede de energia na filial do JSC Russian Post”, escreveram as autoridades russas, de acordo com um artigo da RNS, em 27 de maio.

“Depois disso, ele usou este equipamento por seis meses”, acrescentou. O ex-chefe, que administrava uma filial na cidade de Mineralnye Vody, causou danos de 30.000 rublos (US $ 427) e foi acusado de “abuso de poder”, de acordo com o RNS.

Esta não é a primeira vez que um russo usa os computadores do estado para minerar criptomoedas. Em setembro de 2019, Denis Baykov, que trabalhava em uma fábrica de ogivas nucleares russas, foi multado em 450.000 rublos (então US $ 7.000) por usar o supercomputador da instalação para minerar Bitcoin.

O computador era alimentado por um petaflop, capaz de executar 1.000 trilhões de transações por segundo. Dois outros funcionários também foram implicados. Tatyana Zalesskaya, porta-voz da instalação, disse à mídia russa RBC que eles usavam “o poder oficial de computação para fins pessoais, inclusive para a chamada mineração“.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar