Economia

Dólar, juros e os dilemas do Bacen | com Sérgio Machado



? Fale com a Liberta Investimentos: https://bit.ly/3cTwt5J
? MEU GRUPO DO TELEGRAM: http://bit.ly/ulrich_tg
? CONTEÚDOS EXCLUSIVOS: http://bit.ly/ulrich_lp

source

Mostrar mais

31 Comentários

  1. Admiro o Sérgio, porém discordo da análise dele em relação à política monetária brasileira. Uma economia desaquecida há 7 anos, grande exportador, precisava mudar suas prioridades, de investimento especulativo para investimento "na veia", infraestrutura, indústria, exportações, etc. E hoje já não funciona falar da experiência antes de desenvolver argumentos palpáveis sobre o que pensa, já que o que estamos vivendo, não tem paralelos recentes nem antigos. Nisso, tenho que discordar. Pareceu que está defendendo o seu partido.

  2. Pois é, todos estes ambulantes que vivem de fluxo vão ser vistos por quem? em que cadastro eles estão? Como fazer o dinheiro do Estado chegar neles. O governo não tem este pessoal no cadastro.
    Não declaram renda; não são do cadastro único (pessoas carentes).

  3. Boa noite a todos, se não liberarem pessoas e empresas no curto prazo, realmente o caos social é uma questão de tempo e lógico vai repercutir com intensidade em todos os mercados locais. E a mortalidade vai ser muito maior que a causada pelo vírus.

  4. Esse incidente só derrubou a cortina revelando o mágico de Oz, o sistema Mandrake sempre esteve aí e sempre sustentou esses parasitas que não produzem nada, não plantam, não colhem não sabem fritar um ovo e provavelmente tem alguém até pra limpar a [email protected]
    Fiat money acabou, jogaram a pílula vermelha goela abaixo do mundo e
    essa a ilusão coletiva monetária
    infinita já era…
    O que precisa ser discutido é qual será o novo nome da moeda mundial, new dólar? Não existe ouro suficiente, esse pessoal está tão mergulhado na ilusão que acham que papel vendendo ouro é ouro …e no final quem está com a arma fica com o ouro.
    Será que o sistema governamental muda antes ou depois do new dólar?

  5. Muito bom ver meus dois amigos juntos, só podia dar num vídeo de primeiríssima. A questão mais importante da década para o Brasil é se devemos ou não adotar logo mais a quarentena vertical ao invés da horizontal. Quem fala nisso é corajoso. Parabéns a você por abordarem de maneira neutra esse assunto. Abs

  6. Acredito que existe um fator que vocês ignoram. O Brasil tem uma dívida pública interna alta. A redução de juros reduz o endividamento e estimula a aplicação de investimentos em Bolsa e empresas para melhora de retorno financeiro. Essa crise do COVID é autoimposto. A retomada depende só do encerramento da obstrução. A economia foi obrigada a parar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar