Crypto

Departamento de Justiça dos EUA fecha empresa que conduzia operações ilegais com caixas eletrônicos de Bitcoin

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos acusou Kais Mohammad, de 36 anos, de lavagem de dinheiro usando criptomoedas. Contudo, o acusado também teria operado ilegalmente uma empresa de caixas eletrônicos de Bitcoin e criptomoedas. 

Segundo relatório do DOJ, Mohammad, também conhecido como “Superman29”, teria trocado até US$ 25 milhões sem possuir licença nem conduzir procedimentos de KYC. Como parte de um acordo com o departamento, Mohammad deverá se declarar culpado nas próximas semanas.

De fato, contra o acusado pesam três acusações: operação de um negócio de transmissão de dinheiro sem licença, lavagem de dinheiro e não conduzir procedimentos de KYC e para evitar lavagem de dinheiro. 

Entre 2014 e 2019, Mohammad manteve uma empresa ilegal de serviços financeiros chamada Herocoin. Através dessa empresa, o acusado teria realizado compra e venda de Bitcoin sem saber a procedência do dinheiro, ou quaisquer dados sobre os compradores. Um agravante que pesa contra Mohammad é o fato dele ter conscientemente negociado com empresas criminosas, inclusive atividades ilegais na dark web. 

Além disso, Mohammad teria comprado e operado 17 caixas eletrônicos de Bitcoin na área de Los Angeles. Contudo, essas máquinas permitiam que qualquer usuário pudesse comprar e vender Bitcoin, sem a obrigatoriedade de passar por procedimentos de KYC. 

Kais Mohammad poderá pegar até 30 anos de regime fechado em uma prisão federal pelos crimes. Ainda como parte do acordo, o acusado teve que pagar uma multa, entregar todos os criptoativos que possuía, assim como os caixas eletrônicos. 

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar