Crypto

Valores enviados a serviços de mixing de Bitcoin disparam, aponta relatório

Segundo um relatório publicado, nesta terça-feira (14), pela Crystal Blockchain, o uso de serviços de mixing de Bitcoin aumentou em 2.100% desde o ano passado. De fato, no primeiro trimestre de 2020, foram enviados US$ 67 milhões em Bitcoin para serviços de mixing. Enquanto isso, no ano passado o valor total enviado foi de US$ 3 milhões. 

“Isso provavelmente ocorre em resposta ao aumento dos processos de regulamentação e verificação das exchanges”, explicam os pesquisadores. Contudo, o documento aponta que isso teria “levando os proprietários de Bitcoin da darknet em direção à serviços para ofuscar a fonte de suas moedas”. “Isso indica uma rápida adoção de serviços de mistura de criptomoedas por entidades da darknet”.

Além disso, esse tipo de usuário teriam enviado menos Bitcoin diretamente à exchanges que possuem processos mais robustos de verificação. Assim, o valor enviado por usuários da darknet às principais exchanges caiu de US$ 53 milhões para US$ 44 milhões.

No entanto, o caminho inverso presenciou um aumento significativo no mesmo período. A quantidade de Bitcoin enviado de exchanges com procedimentos de KYC e AML saltou de US$ 36 milhões para US$ 73 milhões. 

Desta forma, o relatório indica que isso pode ser uma resposta a intensificação de procedimentos regulatórios às exchanges, assim como o aumento no foco em serviços de análise de blockchain por parte das bolsas. Vale destacar que recentemente a Coinbase foi duramente criticada pela comunidade por oferecer seus serviços de análise de blockchain à agências governamentais. 

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/




Source link

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar